Vem, cara, me retrate/Não é impossível/Eu não sou difícil de ler/Faça sua parte/Eu sou daqui eu não sou de Marte/Vem, cara, me repara/Não vê, tá na cara, sou porta-bandeira de mim/Só não se perca ao entrar/No meu infinito particular(...)"

.tags

. todas as tags

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.les moines boudhistes- my spirit flies

.posts recentes

. ser supreendida!

. facebook...

. voltar aqui

. pontuação...

. cigarro tecnológico

. já tinha saudades...

. ó meu rico menino!

. como quero me sentir!

. perdi-me...e não me consi...

. há quanto tempo anda nest...

. uma forma de vêr!

. uma verdade!

. Não custa nada fazer, é s...

. origem vegetal ou orige a...

. As respostas de um amigo

Terça-feira, 5 de Janeiro de 2010

ser supreendida!

Acabei o ano (10 minutos antes) a ser supreendida passei o ano até ás 07 da manhã a ser supreendida! que melhor desejo alguém pode querer do que ser supreendida com um amor-perfeito acabado de apanhar, que desejo melhor se pode ter do que passar que nem um com a pessoa que se ama, nada melhor se pode querer!!!

 

Acreditem tudo foi muito louco foi como uma mistura de trash movie and a with love movie, chovia torrencialmente a paisagem não era a melhor e talvez o próprio conforto aonde nos encontrava-mos mas tudo soube a 10 estrelas sim porque 5 não chegam para descrever tudo!

 

 

A minha vida nestes últimos meses tem sido um misto de felicidade e de raiva por não conseguir chegar mais além, compreendi que o que se vive hoje com uma determinada idade nada tem a ver com o que se vive com outra, pudemos fazer exactamente o mesmo mas a nossa perspectiva é completamente diferente, tive que por força da situação entender que não posso querer ter tudo num só dia, voltar á era que não existiam telemóveis que a distância de alguns dias sem nada dizermos não interferia de nenhuma forma o romance, porquê este controle que existe hoje só desgasta as relações e aquilo que podia realmente ser construído com calma e com bases sólidas acaba por ser uma tempestade de emoções a querer ser vividas num só dia!

 

Quero voltar aos tempos áureos em que o namorado para ver a namorada tinha e encontrar estratagemas em que para se encontrarem tinham de fugir ás escondidas e que 5 minutos juntos davam -nos que sonhar um mês hoje queremos um mês juntos para sonhar-mos 5 minutos!

 

Quero amar este homem como antigamente e vou consegui-lo!

sinto-me:
música: natasha bedingfild - no more what of is

publicado por bruxabouga às 19:40

link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

facebook...

isto do facebook fez-me afastar deste meu mundo, saudades já tinha de puder escrever o que me vai na alma sem ter de pensar ou mesmo questionar se é razoável colocar ou não, aqui sou aquela sem preconceitos e que tudo pode dizer e fazer!!! que bom esta sensação de liberdade puder dizer que sim amo alguém que não é um amor fácil, mas que os grandes amores nunca são fáceis!!! que só me apetece mandar para a pu...que os pariu aqueles cabrões que só me chagam a cabeça, que estou farta de gente estúpida com questões estúpidas, que estou farta de gente que não se decide nem sabe o que quer, quero viver sem pensar no amanhã, quero amar como uma teenager se for no carro á chuva porque não quero amar amar sem pensar!!!

sinto-me:
música: Implicante- Ana Carolina

publicado por bruxabouga às 22:47

link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 12 de Julho de 2009

voltar aqui

voltar aqui...não sei o que me levou a fazê-lo a minha vida continua a ser um ciclo vicioso em que por momentos me perco e outros me encontro! enfim acho que estou num daqueles momentos que não sei se estou ou não estou, tenho fases da vida que sei e me assumo como sou outros por vezes olho em redor e quase que como uma certeza segura não sei o que aqui faço...que horror odeio quando a melancolia se debate assim com a minha existência, odeio quando o sentido de oportunidade está lá mas eu por e simplesmente recuo, odeio quando não recuo, faço jogos perco e ganho...

ontem foi uma noite difícil estava bem a risada era pegada nada ofensivo o jantar correu bem as piadas umas mais calientes mas nada sem grande sustento quando de repente... tudo prometia continuar a ser uma noite plena eis que as minhas vísceras me contrariam e nada mais tenho a fazer que colocar os dedos á garganta e por e simples largar tudo aquilo que nas horas anteriores tinha conquistado, o riso, o jantar, o frisson, a própria sedução sem seduzir com tudo para poder continuar sem ter amarras nem preocupações mas o destino é certo já os sábios o diziam e pois bem o meu destino foi calmamente vir dormir após um Gregório forçado, hoje ainda estou nauseada sinto que como se alguém me tivesse chicoteado a minha garganta dói me, mais valia o terem feito teria motivos...assim...

sinto-me:
música: Gotan Project

publicado por bruxabouga às 20:31

link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 30 de Agosto de 2008

pontuação...

Em cada frase feita ou mesmo uma simples palavra, só pelo facto de ser colocado um sinal de pontuação o sentido transmitido passa a ter um significado diferente ou melhor escrevendo um significado redobrado... e questiono-me o porquê deste meu aparte? bem creio que a resposta seja que no meu "forum" íntimo na presente data existem demasiados pontos de interrogação e de exclamação, digo forum porque sinto-me duplicada, triplicada aliás sinto-me mil, que coisa mais estranha sentir-me assim, mas na verdade todo o meu ser parece composto de bactérias e vírus em que o sistema imunitário de alguma forma tenta debater, sinto-me como se fosse um parlamento num todo em que a bancada de oposição se debate ferozmente na tentativa de melhor qualidade de vida: liberdade, amor, loucura, e do outro lado as correntes que me puxam para a terra, a responsabilidade e solidão? e eis aqui um exemplo: se tivesse escrito "solidão!" aí sim seria um acto assumido que me sinto só, agora como escrevi "solidão?" ´... será que me sinto de alguma forma só?

 

Oh sim, o esforço eterno, existencial de só  contra o sozinho. Ao longo de minha vida, eu encontro-me frequentemente no meu mais só mesmo quando me encontro na presença de outros em festas, saídas com amigos ..... mesmo quando não estou definitivamente sozinha. Eu penso que o que faz verdadeiramente alguém só é quando falta ou se deseja algo internamente que não pode ser preenchido por algo (ou por alguém) na parte externa. Esta necessidade manifesta-se como um sentimento do vazio dentro do poço de nosso estômago, um desejo impossível que alcança a nossa alma ...... não obstante a companhia que nós nos mantemos.

 

 

"Você sabe a diferença entre o sozinho e a solidão? Sim, acreditem que existe uma diferença pequena mas visível entre o sozinho e a solidão. Para estar sozinho por si sófé- por. Você pode ou não pode SENTIR só quando você está sozinho, mas a única condição importante para estar sozinha é que não há mais ninguém  em torno de você. Para ser só, é sofrer os sentimentos da solidão, para querer gente, contato social, no entanto seja incapaz de começ ar alguns. Dado este fato, é completamente possível sentir só quando você está sozinho, e é igualmente sentir só quando você não está sozinho. Muitas pessoas relatam sentimentos de ser sós em uma multidão, de que mesmo que sejam cercados por povos, eles ainda sentem sós. De um lado, há aqueles que escreveram sobre a virtude de estar sozinhos. Os eremitas, as monges e outras pessoas religiosas estimam sua hora sozinho para o projecto e a comunicação com os poderes mais elevados. Mesmo em nossos dia-a-dia nós devemos praticar passar alguma hora sozinha, indo sobre os eventos do dia. O sozinho é uma parte importante e integrante de nossas vidas. Assim não se podem misturar os significados! . Eu sinto só todo o tempo. Você pode pensar da solidão que é experiente em uma série contínua com dois extremos. Em um extremo, uma pessoa experimenta a solidão todo o tempo, como uma parte inegável de sua existência. No outro extremo é uma pessoa que experimente raramente a solidão. Se você é o tipo da pessoa que experimenta raramente a solidão, quando você experimenta a solidão, nós chamamos esse tipo de solidão do estado da solidão. Esta é a solidão que é gerada mais pelo ambiente do que a pessoa. Assim você provavelmente experimentará a solidão somente num  dia chuvoso longo e você do S.A. não não têm nada fazer, ou você vai em férias e você está faltando seus amigos em casa ou algo como ele. A solidão é gerada pela circunstância que você está dentro. Se entretanto, você é o tipo da pessoa que experimenta a solidão na maioria das vezes, a seguir a solidão você experimenta-nos chama a solidão do traço. Este é tipo de solidão que o segue em toda parte. A solidão é gerada da pessoa, embora as circunstâncias particulares possam agravar sua experiência da solidão. Assim não obstante a situação ou a circunstância, quando você pensa sobre ela, você é ainda só. "
 

 


publicado por bruxabouga às 12:57

link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 13 de Julho de 2008

cigarro tecnológico

olhem só o que eu descobri

 

http://www.cigarrotecnologico.com/index.php

 


publicado por bruxabouga às 19:10

link do post | comentar | favorito
|

já tinha saudades...

pois é o dia a dia leva-nos por vezes a deixar coisas que nos dão imenso prazer, uma delas é escrever o que nos vai na alma sem preconceitos nem cadeados, enfim parei por uns tempos por vezes também é bom parar...mas eis-me aqui novamente só para dizer que cheguei, muita coisa tenho para contar em breve írei falar...escrevendo...

 


publicado por bruxabouga às 11:48

link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 5 de Setembro de 2007

ó meu rico menino!

 

bem "filho" !

 

 

mais pormenores:

http://diasescurosofilme.blogspot.com

 


publicado por bruxabouga às 21:45

link do post | comentar | favorito
|

como quero me sentir!

" Eu amo o meu passado, eu amo o meu presente.Eu nõ teho vergonha do que tive e não sinto tristeza pelo que não tenho mais"

Colette (escritora francesa - 1873-1954)

música: she - elvis costello

publicado por bruxabouga às 21:27

link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 26 de Agosto de 2007

perdi-me...e não me consigo encontrar...

...

publicado por bruxabouga às 21:55

link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 17 de Julho de 2007

há quanto tempo anda neste mundo?

Sua idade detalhada

Você já viveu até aqui quantos meses, dias, horas, minutos e segundos?
Sabia que é fácil fazer esse cálculo pela Internet?

http://br.geocities.com/sonhoepoesia/pg_curiosidades/c_sua_idade.htm
 

publicado por bruxabouga às 21:19

link do post | comentar | favorito
|

.porque sou de 67 - Brel

.é só carregar no play e pause na Mylene...

.mais sobre mim

.links

.contas

Search this website:

Powered by Apollofind.com

.as minhas fotos

.arquivos

. Janeiro 2010

. Julho 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

blogs SAPO

.subscrever feeds