Vem, cara, me retrate/Não é impossível/Eu não sou difícil de ler/Faça sua parte/Eu sou daqui eu não sou de Marte/Vem, cara, me repara/Não vê, tá na cara, sou porta-bandeira de mim/Só não se perca ao entrar/No meu infinito particular(...)"

.tags

. todas as tags

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.les moines boudhistes- my spirit flies

.posts recentes

. ser supreendida!

. facebook...

. voltar aqui

. pontuação...

. cigarro tecnológico

. já tinha saudades...

. ó meu rico menino!

. como quero me sentir!

. perdi-me...e não me consi...

. há quanto tempo anda nest...

. uma forma de vêr!

. uma verdade!

. Não custa nada fazer, é s...

. origem vegetal ou orige a...

. As respostas de um amigo

Sexta-feira, 7 de Julho de 2006

Qual mundo?...

Viver do lado de fora do Mundo

 

Todas as manhãs quando acordo penso que não quero  sair do meu Mundo, o meu pequeno Mundo cheio de sorrisos e pintado de arco-íris …mas a vida não é feita de ilusões embora segundo algumas filosofias de vida tudo é uma ilusão seja as coisas boas ou as coisas más. Ora convenhamos que se tudo são ilusões para que sofrer? Porque existe a ilusão das guerras, da fome, da doença, da raiva, da vingança, da ganância…e de todos os pecados mortais? Mortais esta palavra é engraçada se não existe realidade então também não existe morte pois então são tudo passagens. Por vezes sinto que vou numa viagem num comboio a vapor ou mesmo em cima da casca de um caracol, outras vezes sinto-me navegar num space-shettle , como podem ver a minha cabeça é feita de contradições. Mas se voltar-mos à história do meu pequeno Mundo posso garantir-vos que é muito melhor que um paraíso, null , ou mesmo ter encontrado o Nirvana, claro está que ao lerem isto pensaram de imediato que só posso estar perto de um estado de loucura total pois como posso pensar assim? A vida é difícil, complicada, extenuante , desgastante, sofrida, , pois acreditem que a minha também é assim e por esse mesmo motivo resolvi começar a escrever os meus pensamentos, que por vezes são tantos e baralhados, mas tem dias que acredito que da minha cabeça saiam coisas belas, hoje por exemplo quando acordei de manhã tomei uma decisão vou tentar ser uma pessoa leve, bem não pensem que decidi fazer um regime, penso que para já ainda não preciso. Leve para mim quer dizer sorrisos, arco-íris, doces,…pois é decidi aos poucos e poucos tentar mostrar aos outros o meu pequeno Mundo, vai ser difícil pois sou uma pessoa rancorosa, vingativa, ciumenta, e engolir sapos nunca teve muito a ver comigo, mas que todos os deuses me ajudem a ter compaixão por todos, principalmente por aqueles que mais amo e que mais me magoam, por exemplo decidi que este Natal vou enviar um cartão de Boas Festas ao meu Pai e à sua nova família, escrito claro! Puderam estar já a dizer bem daqui até ao Natal passa-te essa onda de boa vontade como tal decidi colocar  já por escrito para não ter alguma desculpa na hora, também puderam estar a pensar grande coisa que vais fazer para isso só precisas de um cartão, uma caneta e um selo postal, pois é só que também preciso de uma grande dose de desorgulho não sabem o que é eu também não mas achei que era a palavra apropriada para o que vou sentir ao proceder a tal acto. Também vou começar a preparar a poucos e poucos a minha viagem final, bolas não pensem já que olha esta está a pensar suicidar-se! Não isso não já tive a minha dose de loucura em relação a isso e concluí que tudo isso tudo passa de uma grande dose não de loucura mas sim de medricas, e para quem me conhece um pouco não tem muito a ver comigo ( a não ser de ratos e de cobras, mas até desses estou aos poucos e poucos a convencer-me que não passam de ser vivos como os outros e se por vezes não são muito simpáticos e causadores de algumas mortes, quantos não há com ar bem bonito e no entanto bem mais mortais) que grande contradição à pouco falei que não havia morte mas sim talvez uma passagem que por vezes é definitiva outras vezes não, eu acredito piamente que esta é  uma das minhas últimas passagens se não mesmo a última e que tudo o que eu faço de errado para não ser a última são os meus medos de ir para o desconhecido e nada mais…


publicado por bruxabouga às 08:18

link do post | comentar | favorito
|

.porque sou de 67 - Brel

.é só carregar no play e pause na Mylene...

.mais sobre mim

.links

.contas

Search this website:

Powered by Apollofind.com

.as minhas fotos

.arquivos

. Janeiro 2010

. Julho 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

blogs SAPO

.subscrever feeds