Vem, cara, me retrate/Não é impossível/Eu não sou difícil de ler/Faça sua parte/Eu sou daqui eu não sou de Marte/Vem, cara, me repara/Não vê, tá na cara, sou porta-bandeira de mim/Só não se perca ao entrar/No meu infinito particular(...)"

.tags

. todas as tags

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.les moines boudhistes- my spirit flies

.posts recentes

. ser supreendida!

. facebook...

. voltar aqui

. pontuação...

. cigarro tecnológico

. já tinha saudades...

. ó meu rico menino!

. como quero me sentir!

. perdi-me...e não me consi...

. há quanto tempo anda nest...

. uma forma de vêr!

. uma verdade!

. Não custa nada fazer, é s...

. origem vegetal ou orige a...

. As respostas de um amigo

Segunda-feira, 27 de Março de 2006

Religião Vs Casamento

                                           Religião VS Casamento

 

 

 

Só agora compreendo o quão difícil é tal união de facto, e debatem-se os Homens para ter liberdade para exprimir os seus sentimentos ao mesmo tempo que se embrenham pelos caminhos da religião, por favor pensem isso não é possível, o coração é único e só um ser supremo pode realmente partilhá-lo com muitos e se tais seres existem, que acredito que sim, é impensável alguém ser egoísta de o querer só para ele.

Na realidade quando amamos somos egoístas, ciumentos e egocêntricos, pois embora inconscientemente acreditamos que somente pensamos no ser que amamos e que tudo fazemos para o fazer feliz, não é verdade, a realidade é que só estamos a pensar em nós e no nosso bem estar.

Foi difícil chegar aqui e ainda mais difícil é realmente acreditar em tudo isto, as minhas vísceras saltaram como uma presa ao ser deli cerada pelo seu predador, a cada dentada sentia uma dor, uma dor profunda e sem fim. Mas estou cá, estou morta mas respiro, estou seca mas os meus fluidos vitais ainda correm…mas estou finalmente em paz.

Alguém sábio um dia disse para vermos o quanto o amor de uma mãe pássaro é verdadeiro, pois dedica todo o seu ser às suas crias até elas serem independentes e aí retira-se definitivamente e vejam só o Homem, criou um vírus letal para aniquilar todos estes seres, como somos medíocres, tudo o que nos possa realmente mostrar a verdade de estarmos aqui, mata-mos.

No fundo é o que a união casamento/religião faz, há-de chegar o momento em que todos estaremos sós e não será somente quando a morte física chegar como todos pensamos, ou pelo menos alguns, mas sim quando todos nós quão zombies andarmos a vaguear sem rumo, ou será que já o somos e andamos a enganarmo-nos uns aos outros? Ou melhor a nós mesmos?...

Quando um dia conseguir fazer parar o meu coração por um milésimo de segundo que seja, esvaziar todo o meu ar e suspendê-lo no espaço, aí sim estarei no caminho certo poderei flutuar nas nuvens, pois o peso do meu corpo nada me dirá, até lá terei de caminhar com estas amarras que me prendem ao chão.

Por isso se alguém já está no bom caminho porquê pará-lo deixai voar quem já tem asas…

 

sinto-me:
música: fly away

publicado por bruxabouga às 09:44

link do post | comentar | favorito
|

.porque sou de 67 - Brel

.é só carregar no play e pause na Mylene...

.mais sobre mim

.links

.contas

Search this website:

Powered by Apollofind.com

.as minhas fotos

.arquivos

. Janeiro 2010

. Julho 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

blogs SAPO

.subscrever feeds