Vem, cara, me retrate/Não é impossível/Eu não sou difícil de ler/Faça sua parte/Eu sou daqui eu não sou de Marte/Vem, cara, me repara/Não vê, tá na cara, sou porta-bandeira de mim/Só não se perca ao entrar/No meu infinito particular(...)"

.tags

. todas as tags

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.les moines boudhistes- my spirit flies

.posts recentes

. ser supreendida!

. facebook...

. voltar aqui

. pontuação...

. cigarro tecnológico

. já tinha saudades...

. ó meu rico menino!

. como quero me sentir!

. perdi-me...e não me consi...

. há quanto tempo anda nest...

. uma forma de vêr!

. uma verdade!

. Não custa nada fazer, é s...

. origem vegetal ou orige a...

. As respostas de um amigo

Sábado, 11 de Novembro de 2006

"O Perfume"

Um dos livros que mais me marcou, um dos que sempre me acompanhará, finalmente em filme! confesso que tenho algum receio em ir vê-lo... temo uma decepção...
"Adaptação do best-seller "O Perfume" chega aos cinemas
Ben Whishaw em 'O Perfume'
Großansicht des Bildes mit der Bildunterschrift:  Ben Whishaw em 'O Perfume'
 
As críticas sobre a esperadíssima versão cinematográfica de "O Perfume", o best-seller de Patrick Süskind, são ambivalentes. Afinal, como transformar seu tema central , aromas fantásticos, em imagens na tela grande?

 

É um dos filmes mais aguardados dos últimos anos: a adaptação do romance O Perfume, que vendeu mais de 15 milhões de cópias e foi traduzido para 40 línguas. Süskind originalmente recusara-se a vender os direitos do romance, mas cedeu após longas negociações com o produtor alemão Bernd Eichinger (A Queda,  A Casa dos Espíritos). A pré-estréia mundial do filme aconteceu já havia sido em Munique, em 8 de setembro. Nesta quinta-feira (14/09), ele entrou em circuito na Alemanha.
 Produtor Bernd Eichinger, diretor Tom Tykwer e ator Dustin Hoffman em MuniqueBildunterschrift: Großansicht des Bildes mit der Bildunterschrift:  Produtor Bernd Eichinger, diretor Tom Tykwer e ator Dustin Hoffman em Munique
O filme, dirigido por um dos mais bem-sucedidos diretores alemães, Tom Tykwer (Corra, Lola, Corra), tem um elenco cheio de estrelas, dentre as quais Dustin Hoffman e Alan Rickman. Pode-se dizer que a adaptação deu certo, apesar de alguns problemas.
 
Fiel, porém falho
 
Situado na França do século 18, o livro conta a história do bastardo Jean Baptiste Grenouille  (Ben Whishaw), que é dotado de um olfato extraordinário, mas vive como um constante outsider,e acaba se transformando em assassino. Obcecado pelo odor das mulheres, ele mata suas jovens vítimas para depois extrair e preservar seus aromas originais.
 Filmagens em Barcelona Bildunterschrift: Großansicht des Bildes mit der Bildunterschrift:  Filmagens em Barcelona
"Não é uma história sobre um estranho mundo de fantasia com um cara louco que por acaso tem um olfato bom", disse Tykwer em entrevista à Deutsche Welle. "É, especialmente, a história de um homem terrivelmente só, tema clássico na literatura e na dramaturgia". Tykwer afirma querer atingir a maior audiência possível com seu novo filme. Ele estava mais interessado no apelo geral do protagonista do que nos aspectos bizarros do enredo.
 
Para Tykwer, o personagem é interessante por ser atormentado por um tema muito atual: incompetência social e incapacidade de vender-se. "Este é um tema com que todos nós podemos secretamente nos identificar – o estresse de termos sempre que nos vender, a fim de impressionar os outros", disse ele.
 
A difícil compreensão da marca pessoal de Tykwer
  Em busca do aroma perfeitoBildunterschrift: Großansicht des Bildes mit der Bildunterschrift:  Em busca do aroma perfeito
Em O Perfume, o suspense pavoroso desenvolve-se sobre um fundo histórico interessante e um rico arsenal de personagens. A história é convincente e contada de maneira apaixonante. Ela brilha com seus cenários suntuosos e com grandes desempenhos. Entretanto, Tykwer falha no desenvolvimento do personagem principal para que o filme realmente convença. Como um jovem excêntrico com um senso olfativo extraordinário, de repente se transforma em um monstro? "Por fim, em toda sua amoralidade, acaba sendo uma história com moral", explica Tykwer.
 
Os custos de produção excederam 50 milhões de euros. Ainda assim, e apesar dos esforços de Tykwer, O Perfume – sempre considerado um livro que não poderia ser traduzido para o cinema – deverá manter sua fama de infilmável. Como é possível transpor uma narrativa sensual de cheiros e fragrâncias para o meio cinematográfico, que depende estritamente de estimulação audiovisual?
 
Jochen Kürten (em) " http://www.dw-world.de/dw/article/0,2144,2172566,00.html

Baldini (Dustin Hoffman) é um criador de perfumes

Grenouille procura a sua próxima vitima

Jean-Baptiste Grenouille mistura essências

Grenouille ataca uma das suas vitimas...

Grenouille passa por condições sub-humanas

 

www.iol.pt


publicado por bruxabouga às 20:16

link do post | comentar | favorito
|

.porque sou de 67 - Brel

.é só carregar no play e pause na Mylene...

.mais sobre mim

.links

.contas

Search this website:

Powered by Apollofind.com

.as minhas fotos

.arquivos

. Janeiro 2010

. Julho 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

blogs SAPO

.subscrever feeds